novos espiritanos


Raul Viana

Itoculo



No dia 26 de Julho em Petermariztburg (África do Sul) 10 jovens fizeram a sua Primeira Profissão Religiosa (4 do Malawi, 3 do Zimbabwe, 2 da Zâmbia e 1 de Moçambique).

Foi uma celebração simples, profunda e cheia de alegria, em vista de um verdadeiro compromisso missionário espiritano. Eu tive a graça de estar presente e nela participar, pois tratava-se também do primeiro jovem moçambicano a assumir tal compromisso.

Na verdade, este é já o segundo espiritano na nossa Congregação. O primeiro é o P. João Luis Dimba (de Tete) que actualmente integra o Grupo Internacional do Malawi. O Aldino André é natural de Nampula, oriundo da Paróquia Espiritana de S. João de Deus e fica a pertencer, a partir de agora, ao Grupo Internacional de Moçambique.



Acreditamos que este seja o começar de uma nova temporada para a nossa pequena Circunscrição. Depois de quase 15 anos de presença missionária espiritana em Moçambique, chega o tempo de começar a colher alguns frutos. Além do apoio directo à Igreja local onde nos inserimos, queremos desenvolver também a pastoral vocacional espiritana.

Sentimos que a formação inicial para a Vida religiosa Espiritana no nosso Grupo é vital. É também uma necessidade que se impõe para garantir a nossa continuidade nestas terras, bem como para o enriquecimento da Igreja Moçambicana através da riqueza do nosso carisma Espiritano.

Alguns candidatos à vida espiritana vão surgindo, apesar de não fazermos divulgação. Porém a falta de meios e estruturas nos dificulta esta missão. Por outro lado, já estamos a trabalhar para que no futuro se possa acolher, acompanhar, formar os jovens candidatos à vida e missão espiritanas em Moçambique. Trata-se do projecto de uma futura comunidade na cidade da Beira, que esperamos desenvolver o mais rápido possível.


Mesmo assim, vamos acolhendo alguns candidatos. O Moisés Mário é um jovem moçambicano, na etapa do Postulantado, que em breve seguirá para o Malawi. Podemos dizer que são pequenas gotas que mais tarde poderão formar um oceano. Neste sentido, pedimos a Deus que ilumine e fortaleça o coração destes jovens que apostam na vida missionária espiritana, e vá suscitando no coração de outros tantos o desejo de uma vida consagrada, missionária e espiritana.

Comentários

Anónimo disse…
parabens ao Aldino e a todos os espiritanos que souberam transmitir e testemunhar o nosso carisma espiritano. que esta celebração seja o início de muitas outras. Bem haja.
Elson

Mensagens populares