EM 2013

Raul Viana

Itoculo


Ao terminar um ano e no começo de seguinte fazem-se muitos votos, expressam-se bons desejos, sonham-se grandes esperanças… em função do ano novo que se inicia. E são tanto mais os votos, desejos e esperanças, quanto mais difícil foi o ano findo, ou mais urgente é a vontade de mudança.


Socialmente

«Pobreza cansa», esta é uma frase que se lê na fachada de uma casa na vila de Monapo. Na verdade, o povo está cansado dum discurso de mudança que os políticos proclamam a torto e a direito, quando na realidade apenas cresce e enriquece um pequeno grupo face a uma grande maioria permanece abaixo do nível digno de vida. Mas este ano haverá eleições autárquicas e, no ano seguinte, eleições gerais, e isto pode ser um bom sinal de mudança. A voz do povo expressa no voto livre e responsável será uma boa oportunidade para abrir novas oportunidades, se assim quiserem e o permitirem.

Em Itoculo, Posto Administrativo, prevê-se a visita do Administrador do Distrito (Salvador Talapa), da Governadora da Província de Nampula (Cidália Chaúque) e do Presidente de Moçambique (Emílio Guebuza). Não sabemos o que isto pode mexer localmente. Mesmo que seja para ‘inglês ver’, alguma coisa irá acontecer.


Eclesialmente

O ano 2012 ficou marcado por duas Notas Pastorais pertinentes da Conferência Episcopal Moçambicana sobre a realidade politica, económica, social e eclesial. Trata-se de uma voz credível e profética para um tempo novo rumo a um futuro melhor. No campo da educação e da saúde, ainda que se façam pequenas mudanças, grandes transformações se farão notar na sociedade, afirmam os nossos bispos. O Centro de Estudos que pretendemos construir visa responder a este apelo.

Neste Ano da Fé a nossa Diocese e Paróquia já estão mobilizadas para motivar a um verdadeiro e mais firme compromisso cristão. A Porta da Fé é o símbolo externo que marcará o início da adesão à proposta cristã. Para nós, itoculenses,  será também um ano de preparação para primeiro jubileu de 10 anos de existência da Paróquia de S. José de Itoculo em 2014.

 
Espiritanamente

Caminhando nesta terra com este povo viveremos todos estes acontecimentos sociais e eclesiais, e daremos o nosso contributo para que possam acontecer de forma positiva para todos.

Internamente iremos realizar o nosso primeiro Conselho Alargado do Grupo Espiritano (Junho de 2013). Contamos que seja um tempo para rever as decisões capitulares de 2010 e ajustar a nossa missão à luz do que nos diz o Capítulo Geral de Bagamoyo 2012, para sermos fiéis à nossa vocação e missão. A visita dos Conselheiros Gerais irá reforçar esta vontade de caminharmos unidos «num só coração e numa só alma».

Em Itoculo aguardamos o regresso da Ponte 2013 dos Jovens Sem Fronteiras, que, de novo, nos visitará para uma revitalização do espírito missionário e para o entusiasmo alegre e jovem da missão. Embora noutro Continente, os jovens e a Igreja caminham de mãos dadas com a proposta de Jesus: «ide e fazei discípulos entre todas as nações» (Mt 28,19), lema das JMJ do Rio 2013.

Entre muitas outras coisas, 2013 prevê-se que seja um ano grande e expressivo. Enfim, que o Espírito nos inspire para sermos capazes de estarmos sempre à altura dos desafios que aparecerem.

Comentários

Mensagens populares