Chegar… e partir

A vida missionária é chegar… e partir. A Irmã Hermínia Calipi chegou a Itoculo em Maio de 2013 para a sua primeira missão após a Primeira Profissão Religiosa na Congregação das Irmãs Missionárias do Espírito Santo. Hoje está a partir para outra etapa. Foram mais de três anos que Itoculo beneficiou da sua presença e animação.

Nesta hora da partida queremos agradecer pela participação na vida pastoral desta Paróquia/Missão de São José - Itoculo. Especialmente na promoção feminina das mulheres, acompanhando e animando as mamãs da paróquia neste ministério pastoral. Igualmente no ministério da Infância Missionária que foi bem animado, estando agora em franco crescimento e expensão graças ao seu empenho e dedicação.

A nível da pastoral paroquial são dois ministérios abertos ao futuro. Um pela idade dos participantes, crianças e adolescentes da Infância Missionária, e o outro pela importância das mulheres na vida social e familiar que localmente precisam de grande incentivo. Estamos certos que muitas sementes foram lançadas com o seu trabalho e dedicação e que germinarão futuramente. É verdade que não estamos aqui para colher frutos, visto que isso não depende de nós, mas sempre gostamos de sinais desse trabalho, pois nos dá mais ânimo para futuras atividades. E isso já estava a acontecer e acreditamos que irá continuar.

A par deste trabalho de animação pastoral na Paróquia/Missão, estava também a direção e o acompanhamento das meninas estudantes do lar Eugénia Caps - Itoculo. São raparigas que estudam da 8ª à 10ª classe, algumas delas vindas de situações que exigem uma presença firme e amiga para vencer as dificuldades e abrir novos horizontes nas suas vidas. Outra coisa não se pretende com uma obra social, como é o trabalho com estudantes.

No meio de tudo isto, também não faltou o apoio à Escolinha (Pré-escolar), ao Centro Nutricional e muitos outros trabalhos que a vida missionária apresenta. O contacto amigo com as pessoas do bairro, as visitas às famílias são outros pontos a somar na sua vida missionária.

Assim, neste dinamismo da vida missionária (chegar… e partir), desejamos à Irmã Hermínia muito sucesso para a realização do seu sonho missionário, sempre repleto da Graça de Deus, na fidelidade e na alegria. Também como Maria, «a cheia de graça», rezamos para que a Irmã Hermínia esteja sempre disponível para «fazer a vontade de Deus» onde quer que seja enviada.

Koxukuro, mpakha nihiku nikina.

(Obrigado, até outro dia). 

Comentários

Helena Ferreira disse…
"No deserto o senhor está a chamar"

Mensagens populares