Breve apontamento histórico da Evangelização e da Igreja de S. JOSÉ DE ITOCULO - I
Raul Viana


INTRODUÇÃO

S. José de Itoculo é uma jovem Paróquia criada a 19 de Março de 2004. Está situada na área correspondente ao Posto Administrativo de Itoculo no distrito do Monapo, e é uma das 23 Paróquias da diocese de Nacala. A história da evangelização e da Igreja em Itoculo corresponde àquela da diocese de Nacala. Por isso, tudo o que é dito acerca de todo o processo evangelizador da Diocese de Nacala sintoniza perfeitamente com a realidade desta Paróquia de Itoculo. Porém, o que interessa referir e desenvolver aqui é a particularidade e a concretização do processo evangelizador de Itoculo.

1.       As origens da fé cristã em Itoculo

A par da chegada dos missionários no território correspondente a Itoculo, dá-se a criação administrativa do mesmo. Assim, a existência do Posto Administrativo de Itoculo está datada de 1959, sendo Chefe de Posto o cabo-verdiano Carlos Gamboa Matos. Neste tempo, a atividade da Igreja e o regime administrativo colonial tinham uma estreita relação de interesses, ainda que muitas vezes contestado. Isto fazia com que a criação de qualquer capela ou igreja requeresse a autorização do Chefe do Posto. Do mesmo modo, o incumprimento dos compromissos matrimoniais eram sancionados pela mesma administração, tal como narram algumas pessoas das comunidades cristãs de Itoculo.

Geograficamente Itoculo situa-se numa área rural central rodeada de grandes missões de onde chegavam os missionários para evangelizar. Todas as missões envolventes foram construídas num espaço de tempo de quatro anos: Carapira (1949) ao lado poente; Mueria (1948) ao lado nascente; Namahaca (1948) ao lado nordeste; e Nacaroa (1951) ao lado norte. Isto nos dá uma indicação clara que o primeiro contacto dos locais com a fé cristã acontecesse nesta altura. Apenas a missão-paróquia de Netia foi construída, mais tarde, em 1962, ao lado noroeste. (Todas estas missões foram construídas pelos Missionários Combonianos. Quando chegaram a Moçambique (1947) foi-lhes atribuído todo o litoral de Nampula por ser uma zona muito islamizada e porque esta Congregação tem também este carisma e tradição na sua atividade pastoral).

Sendo que a missão-paróquia de Netia foi constituída oficialmente em 1962 pelo P. Vítor Ruggera e o Ir. Catarino Basso, vindos da missão de Mueria, necessariamente percorreram os caminhos de Itoculo. Ainda hoje são reais as vias de comunicação que ligam o litoral ao interior (Mossuril e Ilha de Moçambique - Nampula), que em Itoculo cruza com uma estrada que vem de Nacala-a-Velha (Mueria) e segue para Nampula, passando por Netia (estrada Nacional nº 567). Certamente, neste percurso os missionários contatavam a população, de tal modo que no Regulado Monetaca, a meio caminho entre Mueria e Netia, criou-se uma comunidade cristã de referência com capela e escola em 1962.

Uma vez criada esta primeira escola-capela, os cristãos das redondezas tinham aqui o seu centro regional e recebiam formação e sacramentos, e participavam cada sexta-feira nas Missas de devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Com o decorrer dos tempos outras comunidades foram surgindo, tal como se pode ouvir dos relatos de cada comunidade cristã de Itoculo. Deste modo, aconteceu uma nova organização pastoral da área correspondente ao Posto Administrativo de Itoculo.
 

 

Comentários

Mensagens populares