A oração do missionário

Nesta primeira semana do Outubro Missionário deixo aqui uma partilha sobre a oração.


1. Significado da oração

Oração é falar com Deus, é esse o significado que aprendi na catequese desde quando frequentava a 3ª etapa. A sua origem etimológica é oratione, e significa invocação a Deus ou dos santos; reza; meditação que inclui prece e contemplação. Nos documentos oficiais da Igreja a oração é um meio de santificação, elevação da alma para Deus ou o pedido feito a Deus de bens que nos são convenientes. A oração cristã é uma relação de aliança entre Deus e o homem em Cristo.

Muitos cristãos fizeram esta experiência pessoal com Deus, entre eles está Santa Teresa do Menino Jesus que nos diz que “a oração é um anelo do coração, um simples olhar para o Céu, um grito de reconhecimento e de amor, no meio da provação, como no meio da alegria.”

E para mim, a oração é ligar o meu coração com o coração de Jesus, para ter as mesmas atitudes que Ele, acolhendo o outro na humildade e na simplicidade.

2. Oração de Jesus (Lc 11, 1 - 4)

Jesus pertencia a um povo que sabia rezar. Ele mesmo rezava e ensinou os discípulos a rezar. O Evangelho de São Lucas salienta bem a oração de Jesus, sempre ligada com os momentos mais importantes da sua vida e missão. Ela era a fonte da sua atividade curativa, rezava e depois curava, rezava e depois fazia milagres, rezava e depois multiplicava. A sua vida pública era acompanhada de frequentes retiros em lugares desérticos, no cimo do monte, sozinho, de madrugada, à noite... uma oração de especial intensidade.

3. Oração como motor da missão

Assim como o motor faz o carro andar, assim o missionário precisa da oração na sua vida de cada dia. Se na vida missionária faltar a oração, certamente, que ele vai “desaguentar”. Daí a importância da oração para uma vivência missionária intensa.

Aqui na missão, em comunidade, começamos o dia com a oração de Laudes. Depois quando chegamos nas comunidades ou no centro regional para a formação cristã, a oração é o ponto de partida. A meio do dia, em comunhão com toda a Igreja, rezamos a Hora Intermédia. Ao concluir a jornada celebramos a Eucaristia com Vésperas integradas. Semanalmente temos um tempo de Adoração Eucarística no final de cada domingo. E em cada tempo litúrgico temos momentos de recolecção e retiro espiritual.

A nível da oração pessoal para mim também tenho outros momentos onde me encontro a sós com Deus, louvando, pedindo e agradecendo por todos os benefícios recebidos. Da minha oração faz parte, também, uma prece pelos meus familiares e amigos, e todos os benfeitores que estão em comunhão com a missão. Juntamente com a oração do Terço, a leitura orante da Palavra de Deus e outras devoções particulares, são para mim o dinamismo que me faz avançar.



Ó Maria, Rainha das missões, dai-nos muitos e santos missionários.



Comentários

Mensagens populares